Vantagens e desvantagens de deixar os animais de estimação em casa, durante as férias

Os centros de recolha oficiais recebem, por ano, cerca de 30 mil animais. O número de animais abandonados cresce no verão, altura em que a maioria das pessoas vai de férias. Mesmo que não possa levar o seu cão ou gato consigo, há muitas soluções, a começar pela sua própria casa.

É isso mesmo. Poderá deixar o seu companheiro em casa, garantindo que alguém se responsabiliza por tomar conta dele. Essa pessoa deverá ser experiente, cuidadosa e conhecer todas as necessidades do cão ou do gato. Poderá deixá-lo aos cuidados de vizinhos, amigos ou familiares, na sua casa ou na casa deles. Para facilitar, poderá adicionar fontes de água e alimentadores automáticos.

Antes da viagem, é importante deixar informações sobre a dieta do animal, a saúde e o atual médico veterinário. Os documentos do animal devem ficar a cargo dos cuidadores temporários.

Vantagens desta solução 

São várias as vantagens de deixar o seu patudo na sua casa, durante as férias: 

  • Ambiente conhecido e confortável
  • Manutenção de rotinas
  • Sem perigo de destruir propriedade alheia
  • Brinquedos, comida e espaço conhecidos
  • Não há animais estranhos
  • O cuidador do animal também poderá cuidar de outras coisas (exemplo: regar as plantas)
  • Fácil e sem custos.

O reverso da moeda

Embora sejam muitas as vantagens de deixar o seu animal de estimação em casa, também é importante estar ciente das desvantagens desta solução. São elas:

  • Os animais sentem-se sós
  • Maior risco de falhas nas refeições ou passeios
  • Maior risco de acidentes
  • Os animais estarão à espera do cuidador, o que poderá originar stresse
  • Eventual rejeição do cuidador temporário

As alternativas

Se não for possível deixar o seu companheiro de quatro patas com alguém de confiança, poderá contratar um petsitter ou deixá-lo num hotel para animais. 

Estas opções são mais dispendiosas, mas garantem-lhe umas férias descansadas, já que estes serviços são prestados por profissionais experientes, os quais saberão responder em caso de perigo ou ameaça à saúde. Neste caso, também deverá deixar toda a informação relativa ao animal.

Nos hotéis para animais, os profissionais terão instalações, equipamento e formação adequada. Se o seu animal sofre de problemas de saúde, considere deixá-lo num hospital veterinário que tenha serviço de hotel. É igualmente recomendável uma visita ao hotel ou ao hospital, antes de decidir inscrever o seu animal. 

Para tornar a estadia mais confortável, leve objetos conhecidos, como brinquedos ou mantas, para que o seu cão ou gato se sintam como se estivessem em casa.

Como vê, não faltam opções para deixar o seu animal em segurança, enquanto desfruta de umas merecidas férias.